PALAVRAS DE PALCO





Podemos afirmar que a actividade Palavras de Palco esteve na génese do nosso Programa Educativo, quando ele não estava sequer no horizonte. O trabalho que apresentamos no Teatro Aberto tem como pilares fundamentais a escolha de textos contemporâneos e a importância que consagramos à dramaturgia.

Ainda no antigo edifício da companhia, em 1999, organizámos o primeiro encontro. Com o objectivo de divulgar o trabalho de dramaturgos portugueses e de língua alemã, estabelecemos uma parceria com o Goethe Institut de Lisboa para estas iniciativas, sob a coordenação de Vera San Payo de Lemos.

O primeiro Palavras de Palco contou, então, com a presença dos autores: Dea Loher, Francisco Pestana, Gonçalo Tavares, João Santos Lopes, Moritz Rinke, Oliver Bukowski e Urs Widmer.

No segundo encontro, em 2001, estiveram presentes os autores: Albert Ostermaier, Jaime Rocha, Luiz Francisco Rebello, Oliver Bukowski e Thea Dorn.

Em 2003, recebemos os dramaturgos: Abel Neves, Albert Ostermaier, Gesine Danckwart, Jacinto Lucas Pires, Karin Cerny e Peter Turrini.