MARTA DIAS

Encenadora Residente | Coordenação do Programa Educativo | Direcção de Cena

Formação
Licenciada em Artes do Espectáculo pela Faculdade de Letras de Lisboa em 2007, completa o estágio curricular no Teatro Municipal de Almada.

Teatro
Nesse mesmo ano, começa a trabalhar no Teatro Aberto, como assistente de encenação, dramaturgia e de palco em Sweeney Todd. Seguem-se Rock’n’Roll, Imaculados, O Deus da Matança, Hannah e Martin, O Senhor Puntila e o Seu Criado Matti, Purga, Vermelho, Londres, Há Muitas Razões Para Uma Pessoa Querer Ser Bonita, O Preço, Três Mulheres com Máscaras de Ferro, Amor e Informação (cujo elenco também integra) e As Raposas, encenadas por João Lourenço, Agora a Sério, encenada por Pedro Mexia, e A Acompanhante, encenada por Gonçalo Amorim. Estreia-se na encenação em 2012, com a peça Pelo Prazer de a Voltar a Ver, tendo desde então encenado Vénus de Vison (2013), Boas Pessoas (2015) e Toda a Cidade Ardia (2017).