UM DIA UMA VIDA
Ruy Belo

PELA ÁGUA
Tiago Correia
16 Maio, 2018
NOITE VIVA
Conor McPherson
19 Dezembro, 2017

UM DIA UMA VIDA

Ruy Belo

AUTOR
Ruy Belo
DRAMATURGIA E ENCENAÇÃO
Marta Dias
CENÁRIO E FIGURINOS
Marisa Fernandes
VÍDEO
Eduardo Breda
LUZ
Alberto Carvalho e Marta Dias
INTERPRETAÇÃO
Ana Brandão | Madalena Almeida | Miguel Lopes Rodrigues | Rui Melo
o tempo passa ouve o tempo passa
faz um breve ruído e passa

Um Dia Uma Vida é uma peça-cantata sobre a passagem do tempo e como o Homem tenta deter essa passagem e dar sentido aos seus dias.

O Homem não dorme, não vai dormir nunca mais, observa o mar e a aldeia que o sol ilumina lentamente.
A Mulher vê-se ao espelho e amargura-se com as rugas e os filhos que não teve.
A Jovem quer conquistar o mundo que vê pelo ecrã e através do ecrã diz ao mundo quem é.
O Pescador ganha a vida que fica depois de puxar as redes e isso é tudo o que precisa.

A voz do poeta Ruy Belo transforma-se nas vozes de quatro personagens que nos mostram cada rosto transfigurando-se ao longo do dia, ao correr da vida.

Críticas

“Abandono a que a dramaturgia e a encenação de Marta Dias resgata esta obra singular, montando um espectáculo estimulante e, de certo modo, até reconfortante” - Time Out – Rui Monteiro - 28-02-2018

“Um espectáculo de considerável delicadeza, lembrando ainda que a filosofia do poeta foi do seu tempo, é de hoje, e será de amanhã se o souberem cantar” – Sábado – Gisela Pissarra - 1-03-2018

“As referências são muito positivas, o que é normal dado que as palavras do poeta têm uma dimensão sublime e as produções do Teatro Aberto têm um selo de qualidade”- Jornal de Negócios – Armando Esteves Pereira - 23-02-2018

“É, assim, uma dramaturgia singular e hibrida, constituída por um texto poético preexistente e um texto concebido para palco(…)A delimitação do trabalho do ator entre a sua função, a distribuição do texto e o espaço que ‘habita’, a nosso ver, resultou clara e eficaz ” - Jornal de Letras - Helena Simões - 28-02-2018