SWEENEY TODD, O TERRÍVEL BARBEIRO DE FLEET STREET
Stephen Sondheim

ÁGUA SALGADA
Conor McPherson
26 Dezembro, 1997
PÊSSEGOS
Nick Grosso
23 Julho, 1997

SWEENEY TODD, O TERRÍVEL BARBEIRO DE FLEET STREET

Stephen Sondheim

VERSÃO
João Lourenço | Vera San Payo de Lemos | José Fanha
DRAMATURGIA
Vera San Payo de Lemos
CENÁRIO
Jochen Finke
FIGURINOS
Renée Hendrix
LUZ
João Lourenço | Melim Teixeira
ENCENAÇÃO
João Lourenço
INTERPRETAÇÃO
Ana Ferraz | António Wagner Diniz | Carlos Guilherme | Eduardo Viana | Helena Afonso | Helena Vieira | Henrique Feist | José Manuel Araújo | Jorge Vaz de Carvalho | Luís António Rodrigues | Luís Castanheira | Pedro Chaves | Roberto Candeias
Críticas

"... Uma produção de primeira àgua. Um regalo para os sentidos"
- 28/11/1997 - Diário de Notícias

"Brilhante é como se pode classificar a encenação de João Lourenço para Sweeney Todd", "Fundamental"
- 9/11/1997 - DN Magazine

"...Um espectáculo insólito, irresistível"
- 31/10/1997 - Público

"Um musical ao nível de muitos que são feitos nas grandes cidades europeias"
- 25/10/1997 - Expresso (João Carneiro)

"Esta versão Lisboeta (...) é um trabalho perfeito, de ver, ouvir e chorar por mais"
- 24/10/1997 - Público

"João Lourenço, conseguiu orquestrar magistralmente um mar de gente"
-. 21/10/1997 - Correio da Manhã (Ana Maria Ribeiro)

"É um grande acontecimento"; "O hercúleo trabalho de preparação e a competente direcção de João Paulo Santos mereciam uma medalha"
- 21/10/1997 (Alexandre Delgado)

"Um espectáculo grandioso. A não perder"
- 12/10/1997 - A Capital (Alexandra Carita)