OIÇAM COMO EU RESPIRO
Dario Fo, Franca Rame

O SUICIDÁRIO
Nikolai Erdman
31 Janeiro, 1983

OIÇAM COMO EU RESPIRO

Dário Fo | Franca Rame

VERSÃO
Luiz Francisco Rebello
DRAMATURGIA
Vera San Payo de Lemos
MÚSICA
João Lourenço | José Fanha | Pedro Osório
CENÁRIO
António Casimiro
LUZ
António Mileu
ENCENAÇÃO
João Lourenço
INTERPRETAÇÃO
Carmen Santos | Irene Cruz | Melim Teixeira
Prémios

Prémios de Interpretação atribuídos a Irene Cruz:

Associação Portuguesa de Críticos 1982
Sete de Ouro 1982
Nova Gente 1982
Revista Mulheres 1983
Revista Ela 1983
Mulheres em Foco 1983
Popularidade - Casa da Imprensa 1984

João Lourenço - Revista TV Guia 1983 - Melhor espectáculo de Teatro.

Críticas

"Noite memorável por um espectáculo, noite memorável por uma interpretação (que seria um acontecimento em qualquer palco do mundo). Noite memorável porque o teatro é bom quando é bom!"
D.L. - (Carlos Porto)

"Este espectáculo é uma lufada de talento, inteligência e trabalho, ultimamente pouco vulgar na cena portuguesa!"
Expresso - (Jorge Listopad)

"Um espectáculo bem conseguido, divertido, gostosamente chocante e que é obrigatório ir ver."
Diário - (Maria Helena Serôdio)