LONDRES
Cláudia Clemente

HÁ MUITAS RAZÕES PARA UMA PESSOA QUERER SER BONITA
Neil LaBute
20 Dezembro, 2012
PELO PRAZER DE A VOLTAR A VER
Michel Tremblay
25 Abril, 2012

LONDRES

Cláudia Clemente

AUTOR
Cláudia Clemente
DRAMATURGIA
Vera San Payo de Lemos
ENCENAÇÃO, REALIZAÇÃO, VÍDEO e LUZ
João Lourenço
CENÁRIO
António Casimiro | João Lourenço
FIGURINOS
Graça Rodrigues
SUPERVISÃO AUDIOVISUAL
Nuno Neves
INTERPRETAÇÃO
Carla Maciel
Texto Vencedor do Grande Prémio de Teatro Português 2011, promovido pelo Teatro Aberto em parceria com a Sociedade Portuguesa de Autores.

Uma família parte em viagem à procura de uma saída. Uma cidade: Londres. Uma cidade conhecida que se tornou estranha e fria, aos olhos de quem empurra a porta a medo e entra.

Uma mulher escreveu sobre essa viagem, sobre o pai e a mãe, sobre si própria, escreveu para entender, para dar sentido ao que se passou nas suas vidas.

Hoje vem ter connosco ao teatro. Escolheu o palco para nos contar essa história, a história da sua família, um pedaço de vida, repleto de memórias, afectos e emoções

Críticas

“Uma elegia à vulnerabilidade humana”. - Expresso – Hugo Pinto Santos – 11/08/2012

“Londres aspira alcançar os meandros da existência e do amor e da morte e daí elevar se à poesia. - Time Out – Rui Monteiro - 11/07/2012

“A atriz Carla Maciel estreia-se na interpretação de um monólogo, com um texto que é uma dolorosa declaração de amor de uma filha por um pai. (…) Percebemos como, de um momento para o outro, a vida pode ficar virada ao contrário”. - Visão Sete – Gabriela Lourenço – 05/07/2012

“Londres é um texto autobiográfico mas não deixa de ser uma peça que nos diz respeito a todos nós”. - Diário de Notícias – M.J.C. – 05/07/2012