COPENHAGA
Michael Frayn

DEMÓNIOS MENORES
Bruce Graham
23 Julho, 2003
MENINA E MOÇA
Bernardim Ribeiro
10 Janeiro, 2003

COPENHAGA

Michael Frayn

VERSÃO
João Lourenço | Vera San Payo de Lemos
DRAMATURGIA
Vera San Payo de Lemos
CENÁRIO
Henrique Cayatte | João Lourenço
FIGURINOS
Maria Gonzaga
BANDA SONORA
José Pedro Manso
LUZ
João Lourenço | Melim Teixeira
ENCENAÇÃO
João Lourenço
INTERPRETAÇÃO
Carmen Dolores | Luís Alberto | Paulo Pires

É uma peça em que, pela magia do teatro, os físicos Niels Bohr e Werner Heisenberg reaparecem no mundo dos vivos para discutir o que disseram e não disseram em 1941 em Copenhaga. As personagens são das mais marcantes na história da ciência moderna, um e outro foram galardoados com o prémio Nobel da Física em 1922 e 1932. O encontro deles em Copenhaga teve como base o problema da construção da bomba atómica.

PRÉMIO

João Lourenço - Globo de Ouro 2004 - Melhor espectáculo de teatro

Críticas

“ Mercê da alta qualidade de espectáculo exibido, saímos (do Teatro Aberto) mais ricos e responsáveis, humanamente falando.”
– 8/05/2003 – Notícias da Amadora (Fernando Midões)

“… Paulo Pires é absolutamente excepcional em Heisenberg…"
– 6/05/2003 – Diário de Notícias (Miguel-Pedro Quadrio)

“…um cenário belíssimo de João Lourenço e Henrique Cayatte…”; “…inteligente e sensível…”
– 30/04/2003 – Correio da Manhã (Ana Maria Ribeiro)

“…excelente encenação de João Lourenço, que conta com notáveis desempenhos…”
– 28/03/2005 (reposição) – Diário de Notícias