BOAS PESSOAS
David Lindsay-Abaire

AO VIVO E EM DIRECTO
Raul Malaquias Marques
5 Julho, 2016
AS RAPOSAS
Lillian Hellman
31 Maio, 2015

BOAS PESSOAS

David Lindsay-Abaire

ENCENAÇÃO | DRAMATURGIA | VERSÃO
Marta Dias
CENÁRIO
Catarina Barros
FIGURINOS
Dino Alves
LUZ
Alberto Carvalho | Marta Dias
VÍDEO
Luís Soares
INTERPRETAÇÃO
Irene Cruz | Leonor Seixas | Luís Lucas Lopes | Maria João Abreu | Pedro Laginha | Sílvia Filipe
Margarida vive sozinha com a filha e trabalha na Loja de Tudo a Um Euro. A sua vida é dura, como é para a maior parte das pessoas que lutam dia-a-dia para pagar as contas.

Boas Pessoas é uma peça de gente comum, que sonha, sofre e se diverte, vive e trabalha numa grande cidade. Há quem se esforce para chegar ao topo, quem viva de caridade, quem não deva nada a ninguém e quem procure encontrar a sorte num jogo de azar.

O caminho de Margarida estará traçado à partida ou vai decidir-se num momento? As coisas hão-de melhorar ou piorar, fruto do seu esforço ou num golpe de sorte?

No fim de contas, a vida é feita de escolhas. Será?

Críticas

“Orgulho, ambição, sorte e azar, egoísmo e generosidade, fatalidades e escolhas, mentiras e verdades – tudo cabe em cada um dos [personagens] que entram nesta história”. - Visão – Gabriela Lourenço – 17/12/2015

“Um espetáculo sobre o jogo difícil do dia-a-dia”. - Sábado – Nuno Costa Santos – 29/12/2015

“Concentra na sua dramaturgia o essencial, isto é, a universalidade da desigualdade social e o seu efeito nas pessoas”. - Time Out – Rui Monteiro – 30/12/2015

“É uma peça de gente comum, que sonha, sofre e se diverte”. - Jornal de Notícias – 25/12/2015