AS LUZES
Howard Korder

PÊSSEGOS
Nick Grosso
23 Julho, 1997
FERNANDO KRAPP ESCREVEU-ME ESTA CARTA
Tankred Dorst
7 Janeiro, 1997

AS LUZES

Howard Korder

VERSÃO
Manuel Chaves | Nuno Carinhas
CENÁRIO E FIGURINOS
Ana Vaz | Nuno Carinhas
LUZ
Melim Teixeira
ENCENAÇÃO
Nuno Carinhas
INTERPRETAÇÃO
Almeno Gonçalves | Carlos Pisco | Dina Lopes | Francisco Pestana | José António Alves | Melim Teixeira | Pedro Penim | Philippe Leroux | Raquel Dias | Roberto Candeias | Rui Miguel Nunes | Sofia de Portugal

Tocados pelo mesmo desconforto e opressão da asfixia urbana, todos são obrigados a lidar não só com os males como também com os seus próprios dramas individuais: a droga, o emprego precário, a exclusão social, o pacto com a corrupção, o distanciamento afectivo, o medo do futuro... Do alto do arranha-céus, a cidade brilha, mas não deixa ver. E lembranos de Francis Ford Coppola e One From the Heart: "Sabes o que há de errado com a América? São as luzes."

Críticas

"...um espectáculo requintado..."
- 7/6/1997 - Expresso (Eugénia Vasques)

"...Nuno Carinhas dirige um elenco jovem e prometedor"
- 6/6/1997 - Público (Manuel João Gomes)

"Um trabalho sério a merecer a nossa atenção"; "Uma clareza notável, da encenação e do trabalho dos intérpretes"
- 31/5/1997 Expresso (João Carneiro)