A ÓPERA DE TRÊS VINTÉNS
Bertolt Brecht, Kurt Weill

TOP GIRLS
Caryl Churchill
29 Julho, 1993
UM SABOR A MEL
Shelagh Delaney
3 Setembro, 1992

A ÓPERA DE TRÊS VINTÉNS

Bertolt Brecht | Kurt Weill

VERSÃO
João Lourenço | Vera San Payo de Lemos
DRAMATURGIA
Vera San Payo de Lemos
MÚSICA
Eduardo Paes Mamede
CENÁRIO
Jochen Finke
FIGURINOS
Renée Hendrix
LUZ
João Lourenço | Melim Teixeira
ENCENAÇÃO
João Lourenço
INTERPRETAÇÃO
Fernando Gomes | Canto e Castro | Manuela Santos | Sofia de Portugal | Fernando Luís | Francisco Pestana | Melim Teixeira | Luís Mascarenhas | Élio Correia | Mário Redondo | Filipe Costa | Roberto Candeias | Luís Carolino | Bruno Schiappa | Alexandre Ribeiro | Irene Cruz | Paula Fonseca | Cristina Carvalhal | Zita Esteves | Sandra Faleiro | Sandra Gaspar | Sónia Aragão | Lisa Hurst | Ana Bergano | Carla Ribeiro | Diogo Infante | Maria Henrique | António Filipe | Paulo Magalhães | Céu Caetano | Elisabete Boura | Américo Silva | Paulo Neto

Prémios

João Lourenço - Prémio Bordalo de Imprensa e Melhor Espectáculo 1992

Fernando Luís - Prémio da Critica - Melhor Actor 1992

Irene Cruz - Prémio "Os Melhores de 1993" - Melhor Actriz

Críticas

"(...) Um espectáculo que se impõe pela invulgar qualidade (...)"
~ - 11/1/1993 - O Dia (Jorge Pelayo)

"João Lourenço foi para uma produção muitissimo bem estruturada, de largas dimensões, interdisciplinar, rigorosa"
- 12/01/1993 - Diário de Notícias (Fernando Midões)

"A não perder sobre pretexto algum"
- 30/12/1992 - Sete

"Uma escolha absoluta na semana teatral Lisboeta"
- 20/4/1993 - Jornal de Letras (Carlos Porto)

"(...) Pauta-se pela qualidade, conseguindo momentos brilhantes"
- 8/12/1993 - Correio da Manhã (Miguel Crespo)

"Os cantores-actores, os actores-cantores e os nove músicos têm uma prestação excepcional (...)
- 31/12/1992 - Público (Manuel João Gomes)

"O produto final é divertido, instrutivo, sério e cómico q.b."
- 15/1/1993 - Público

"(...) Excelente naipe de actores e a qualidade necessária para tornar este espectáculo aconselhado"
- 8/5/1993 - Expresso (Eugénia Vasques)