A BEBIDA DO AMOR
Frank Martin

PAISAGENS AMERICANAS
Neil LaBute
19 Março, 2004
O BOBO E A SUA MULHER ESTA NOITE NA PANCOMÉDIA
Botho Strauss
16 Dezembro, 2003

A BEBIDA DO AMOR

Frank Martin

DIRECÇÃO MUSICAL
João Paulo Santos
CENÁRIO E FIGURINOS
Cristina Reis
LUZ
Daniel Worm d'Assumpção
ENCENAÇÃO
Luís Miguel Cintra
INTERPRETAÇÃO
Ana Ester Neves | Ana Serôdio | Dora Rodrigues | João Miguel Queirós | João Miguel Rodrigues | Luís Rodrigues | Marco Santos | Mário Redondo | Margarida Reis | Pedro Correia | Sónia Alcobaça | Susana Teixeira

Contou ainda com a participação do pianista Nuno Lopes e mais 7 elementos da Orquestra Sinfónica Portuguesa
A Bebida do Amor fala dos amores de Tristão e Isolda, usando o texto medieval de Bédier. Os doze cantores intervenientes funcionam como um grupo de trovadores contando esta história, descrevendo, comentando ou dando voz às diversas personagens. A obra tem uma estrutura narrativa invulgar. Cada cantor é ora uma personagem ora uma voz colectiva, pro-duzindo, assim, um ambiente poético muito intenso.

Críticas

“…a beleza das soluções encontradas são inegáveis…”; “…a encenação de Luís Miguel Cintra é muito rica…”; “Em termos musicais, a realização foi muito boa…”
– 11/01/2004 – Diário de Notícias (Bernardo Mariano)

“Um espectáculo emocionante e equilibrado em termos musicais e dramáticos que se recomenda vivamente.”
– 5/01/2004 – Público ( Teresa Cascudo)