Sala Azul

É a sala do teatro com maior dimensão e foi projectada tendo por base a planta da sala do antigo Teatro Aberto, demolido em 2002.

Chama-se Azul porque os assentos são azuis. Pretendeu-se que a sala de espectáculos não tivesse um rótulo (como “nobre” ou “principal”) nem suportasse o peso de um nome de uma personalidade ou individualidade conhecida.
Uma das suas especificidades é o facto de possuir um fosso de orquestra para 60 músicos, possibilitando, assim, a realização de espectáculos de ópera e concertos.

O espectáculo inaugural, Peer Gynt, com encenação de João Lourenço e música de Eurico Carrapatoso, estreou em Fevereiro de 2002. Desde então, já aqui se estrearam espectáculos memoráveis, como Sweeney Todd ou O Senhor Puntila e o Seu Criado Matti. Acolhem-se, quando conciliável com a programação da Companhia, concertos de música clássica e contemporânea, conferências, eventos municipais e privados.

Com um palco de 15m de profundidade e 18m entre varandas, a teia fica a 14,2m de altura e a primeira varanda a 4,75m. Há uma ligação directa à carpintaria, ao fundo, e à sala de adereços, na lateral. Um elevador no centro alto, com 6m por 4m e capacidade para 4t, faz a comunicação com o sub-palco, cuja altura mede 3,2m. A boca de cena tem um enquadramento habitual de 11,2m por 6,4m de altura. No proscénio, os dois elevadores existentes servem de fosso de orquestra, com 14,4m por 4,4m, com entrada pelo sub-palco.

Conforme o espectáculo, é possível ter-se um palco à italiana ou não, conjugando a altura dos dois elevadores do proscénio (com a eventual eliminação das quatro primeiras filas da plateia).

A lotação da Sala Azul é de 419 espectadores mas, para espectáculos de carácter mais intimista, existe a hipótese de se fechar a sala até aos 207 lugares. O auditório é rectangular, com as filas desencontradas, possibilitando, deste modo, uma boa visibilidade a todos os espectadores.

O acesso à sala é ao nível do foyer e da bilheteira, havendo dois lanços de escadas ao longo da plateia. Para espectadores com mobilidade reduzida, o acesso é feito pela entrada dos artistas, onde não existem escadas.





N.B. - A planta da Sala Azul varia conforme o dispositivo cénico de cada espectáculo. Se pretende reservar ou comprar bilhetes, por favor, verifique a planta da sala no link das Reservas.

Sala Azul Repertório Voltar